quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Amiga Angela Merkel

Troca de notas diplomática
Ao cuidado do Senhor Cônsul Honorário da Alemanha na Ilha-Sobrinha Madeira
Prezada homóloga A. Merkel,
Venho por este meio saudar a atenção havida pelo vosso esquadrão marítimo, ancorado junto ao Porto do Funchal da ilha-vizinha deste Principado Independente, respeitando, desta vez, a inviolabilidade das águas territoriais do Principado Independente da Pontinha.
Desta vez, e tal havíamos manifestado o nosso veemente protesto formal, a vossa elite militar marítima respeitou o Direito Internacional Público, e as águas territoriais do Forte de São José, capital do meu Principado independente.
Não deixo de estranhar, não obstante, que o Porto Marítimo mais caro do Mundo não permita à Marinha atracar em condições, tão pouco os submarinos que forçaram Portugal, via Bilderberg, a se arruinar cada vez mais.
Dado que o meu subsídio de Natal, como trabalhador em Portugal, será “penhorado” em 50% à conta dos 2 mil milhões de euros gastos nos vossos submarinos (a que deram o nome de crise internacional só para enganar o Povo), que nem aqui conseguem atracar, e muito menos de “Portas às avessas”, fica pelo menos registado, diplomaticamente, que entre nós os dois, cara colega, há uma diferença fundamental: uns chafurdam no vil metal, outros prosseguem um sonho real.
Cumprimentos reais,
São José, 17 de Agosto de 2011
D. Renato I
C.C. Comunidade Internacional e Imprensa